POLÍCIA FEDERAL
ORGULHO NACIONAL


Operação mira grupo que usava estradas do Pantanal para transportar cocaína

No total, são cumpridos sete mandados, sendo três de prisão e dois de busca e apreensão

02/12/2021

Operação mira grupo que usava estradas do Pantanal para transportar cocaína

A Operação Overload, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (2) pela Polícia Federal, para desarticular grupo criminoso responsável pela introdução de cocaína no Brasil vinda de Corumbá, distante 428 quilômetros de Campo  Grande.

No total, são cumpridos sete mandados, sendo três de prisão e dois de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal do município, além de ordens judiciais de sequestro de veículos e valores existentes em nome dos alvos da operação.

Conforme a Polícia Federal, as investigações começaram com o acompanhamento de grupo de pessoas responsável pela inserção de cocaína no Brasil, a partir da cidade de Corumbá. Após receber a droga de fornecedores estrangeiros, o grupo se utilizava das estradas vicinais da região do Pantanal para levá-la até a região norte do Mato Grosso do Sul, onde era armazenada em imóveis alugados.

Na sequência, caminhoneiros eram recrutados para transportar as cargas lícitas aos grandes centros urbanos do País com a droga escondida na estrutura dos caminhões, como forma de fugir da fiscalização. Em poucos meses de investigação, foram realizadas quatro apreensões de droga nos estados de São Paulo e no Mato Grosso do Sul, com a prisão em flagrante de 7 pessoas e a apreensão total de cerca de 830 kg de cocaína.

O nome da operação, sobrecarga em português, remete ao transporte da droga de forma dissimulada sob cargas lícitas em caminhões de grande porte. 

O SINPEF/MS defende os direitos dos policiais federais